Anjos, tridentes, maçãs dentadas, varinhas mágicas, luvas brancas, fadas e as marcas
Anjos, tridentes, maçãs dentadas, varinhas mágicas, luvas brancas, fadas e as marcas

Branding, Diagnóstico de comunicação

Anjos, tridentes, maçãs dentadas, varinhas mágicas, luvas brancas, fadas e as marcas

As histórias antigas, as lendas, os mitos, a herança da Grécia Antiga e do Império Romano, estão nos lineares das lojas. Há detergentes chamados Ariel e Ajax, joias Pandora (um nome da mitologia grega que significa talentosa), artigos de luxo chamados Hermès, pastilhas elásticas Trident (a arma do Deus dos Mares), barras de chocolate Mars e computadores Apple, a marca rebelde que ostenta a maçã dentada como símbolo e remete à primeira desobediência de Adão e Eva. As grandes histórias convivem no quotidiano da generalidade das pessoas, acompanham as pequenas tarefas, como a compra de um livro na Amazon, até às tarefas maiores, como compra de um carro chamado Ford Orion.

As histórias antigas, as lendas, os mitos, a herança da Grécia Antiga e do Império Romano, estão nos lineares das lojas. Há detergentes chamados Ariel e Ajax, joias Pandora (um nome da mitologia grega que significa talentosa), artigos de luxo chamados Hermès, pastilhas elásticas Trident (a arma do Deus dos Mares), barras de chocolate Mars e computadores Apple, a marca rebelde que ostenta a maçã dentada como símbolo e remete à primeira desobediência de Adão e Eva. As grandes histórias convivem no quotidiano da generalidade das pessoas, acompanham as pequenas tarefas, como a compra de um livro na Amazon, até às tarefas maiores, como compra de um carro chamado Ford Orion.

Muitas marcas relatam estórias nas suas peças de comunicação. Uma marca de detergentes apresenta o problema “nódoas”, dá protagonismo à transformação operada por determinados “elementos”, apresenta a protagonista “mãe” e articula a felicidade doméstica com o resultado final, a mesma peça de vestuário sem nódoas. Muitas vezes, estas marcas oferecem uma transformação narrativa sem esforço, promessas como “retirar nódoas sem esfregar”, garantindo assim rapidez e facilidade no caminho para um final feliz.
Algumas marcas, uma minoria, baseia a sua comunicação sobre a estrutura narrativa das grandes estórias universais. Este grupo usa narrativas do fantástico e sai fora dos parâmetros habituais. Cita histórias supra reais. Ousa e aborda o profundo e o abissal. São marcas alegóricas, enigmáticas, que abrem significados múltiplos. Usa seres desconhecidos e apresentam transformações mágicas. A vida perde a sua previsibilidade e ganha uma dimensão gloriosa. O uso dos produtos permite o renascimento ou o acesso a destinos paradisíacos. Juntam-se analogias entre os carros e os cavalos, dá-se ênfase às ilhas paradisíacas, colocam-se questões quotidianas na moldura de uma ambição gloriosa. Ganha-se uma enorme dimensão de relato e promessa para as marcas.

EmailTwitterLinkedIn